​Rui Dias Monteiro

Nacionalidade: 

Nasceu em 1987 (Castelo Branco, Portugal). Vive em Lisboa e São Paulo.

Trabalha como artista visual desde 2004, recorrendo a escrita, fotografia, desenho e vídeo. Participou em diversas exposições e publicações. Entre outros, publicou os livros “Sob cada erva” (STET, 2014), “Fazer fogo à noite” (não edições, 2014) e “Reunião de pedras” (não edições, 2018).

Concluiu em 2008 o Curso Avançado de Fotografia e Projecto Individual no Ar.Co (bolseiro BES em 2006/2007); e em 2016 a Pós-Graduação em Discursos da Fotografia Contemporânea na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.

Recebeu em 2016 o Prémio BF16 – Bienal de Fotografia de Vila Franca de Xira.

Em 2017 vai para São Paulo e participa no programa de residência artística da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian; e em 2019 é artista residente no Pivô Pesquisa. Ainda em 2019, integra o Centro de Pesquisa Teatral (CPTzinho) dirigido por Antunes Filho no Sesc Consolação.

Artista
Projectos Relacionados: